Grupo Cênico Regina Pacis
 
| O INÍCIO | QUEM SOMOS | HISTÓRIA DO GRUPO | PRODUÇÕES
| FOTOS | PRÊMIOS | DESTAQUES E EXPOSIÇÕES | REGINAPACENSES | EM CARTAZ
Destaques e Exposições



::. Destaques

- Produção de um filme em 16mm contando a “História de São Bernardo” sob o patrocínio da Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo (1968).

- Participação especial no programa “Cidade x Cidade” do apresentador Silvio Santos (1969).

- Censura Federal: em 1969 a peça “Liberdade, Liberdade” foi proibida em todo o território nacional, quando o grupo estava em temporada. Em 1980, com a anistia, o grupo retomou a montagem que se tornou um sucesso estrondoso.

- Participação no programa “Minha cidade é um Show” na TV Record, com trecho da peça “O Homem do Princípio ao Fim” (1972).

- Participação especial na Sexta-Feira Santa no Anhembi, numa promoção da Cúria Metropolitana da São Paulo, com um público estimado em 100 mil pessoas. A transmissão foi o primeiro programa ao vivo para a TV brasileira (1972).

- Fez temporadas nos Teatros Anchieta (São Paulo, 1972), Nosso Teatro (Recife - PE, 1977) e Cenarte (São Paulo, 1979 e 1981).

- O Teatro Sótão foi sede e local de apresentações do grupo, localizado à Rua Marechal Deodoro, 662, Centro em São Bernardo do Campo (de outubro de 1976 a abril de 1978).

- Publicação do boletim mensal “Teatrando” com matérias sobre o grupo, sobre teatro e sobre artes em geral, escritas pelos seus integrantes (circulação de junho de 1977 a dezembro de 1979).

- Fornecida permissão de uso ao grupo, pela Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo, do Teatro Abílio Pereira de Almeida (período de maio de 1978 a junho de 1995).

- Comemoração dos 19 anos com coquetel oferecido a integrantes de outros grupos de teatro e imprensa em geral, no Hollyday Inn Hotel (1981).

- Participação no 1° Festival Nacional das Mulheres nas Artes, promovido por Ruth Escobar, com a peça “A Bruxinha que era Boa” (1982).

- Convidado especial do 7° Festival de Teatro Amador do SESC – Teatro Anchieta na apresentação de “Os Melhores Momentos dos Festivais do SESC” (1983).

- A peça “Que História é essa Bernardo?” contando a história da cidade de São Bernardo do Campo ficou em cartaz de 1992 a 1997. A estréia foi no 2° Congresso de História do Grande ABC, em São Bernardo do Campo (1992).

- A Câmara de Cultura de São Bernardo, tombada pelo Patrimônio Histórico recebe o nome de Antonino Assumpção, fundador do grupo (1998).

- Participação no II Seminário Aberto de Memórias do ABC – Grupos de Teatro da Década de 60 – Universidade IMES – São Caetano do Sul (2004).

- Participação no III Seminário Aberto de Memórias do ABC - “Atrizes e Preconceito”: a Alma Feminina nos palcos do ABC – Atrizes de 65 a 85 – palestrante: Eduardo Verissimo Chaves – Universidade IMES – São Caetano do Sul (2006).

- Produziu durante muitos anos por ocasião da Semana Santa, a montagem “A Paixão de Cristo” ou a “Via Sacra” e, no período natalino, peças alusivas ao nascimento de Jesus, sempre finalizando as apresentações com um presépio ao vivo.

- Diretores de prestígio que atuaram no grupo: Eugênio Kusnet, Miriam Muniz, Silvio Zilber, Toninho Macedo, Armando Azzari.

- O Regina Pacis foi tese do mestrado da na USP do ator, diretor e professor da Universidade Metodista de São Paulo, Armando Azzari, falecido antes de concluí-la.

- Aatores que se profissionalizaram: Calixto de Inhamuns (Espedito Hilton Leonel), Ednaldo Freire, Jussara Freire, Mario Cezar Camargo, Osmar Di Pieri e Sérgio Rosseti.

::. Exposições

- Regina Pacis 21 anos - saguão do Teatro Cacilda Becker (1983) – São Bernado do Campo.

- Melhores Momentos dos Festivais do SESC – Teatro SESC Anchieta (1983) – São Paulo.

- Trajetória do Grupo Cênico Regina Pacis – Sala Histórica da Biblioteca Monteiro Lobato (1988) – São Bernardo do Campo.

- Regina Pacis: 35 Anos de Teatro – saguão da Biblioteca Pública Municipal Malba Tahan (1997) – São Bernardo do Campo.

- Sunça – dos Gramados ao Palco – Câmara de Cultura Antonino Assumpção (1998) – São Bernardo do Campo.

Grupo Cênico Regina Pacis - Todos os direitos reservados.